• Débora Corbucci Peters

Colheita local e Alimentação Viva

Atualizado: 6 de Set de 2019



A plantação orgânica e a agrofloresta são constituídas por leiras, em volta se encontram as sementes, essas as nutrem durante a germinação, crescimento, florescimento, amadurecimento de frutos, e chegam no menor percurso de tempo e espaço possíveis até o processo de hidratação das sementes ou grãos usadas para alimentação viva e segue, indo até o cozinheiro e essa cozinhada numa temperatura até o máximo de 40 graus, saindo para a refeição.

Na alimentação viva se economiza o dispendioso processo de digestão e se lucra na quantidade de energia. Pode se evitar ao máximo o descarte, se vai cuidando do ambiente separando-o para a composteira, por exemplo, e mais alguns outros (valorizando-o para o cultivo do húmus, que neste caso são aquelas raizezinhas bem fininhas que encontramos na terra mais natural) que será administrado melhor por agricultores familiares retornando de maneira criativa ao início do ciclo, em poucas palavras, é visto de alguma forma no Modelo Biogênico da Saúde do Dr Alberto Peribanez Gonzalez e de seus parceiros mais de um aspecto destes serviços.

Débora Corbucci Peters - CPF:274.979.818-38. - Alameda Baepi II, 279. CEP: 11.630-000. - Itaquanduba. - Ilhabela - SP. - Brasil.

- Cell (11) 95491-7604. 

Direitos Reservados

Versão 2019